http://mdt.org.br/portal/SiteAssets/inftv_mdt1.png

 


Número 18 - Setembro de 2007 -   Matéria 01/4

Barateamento das tarifas e história do transporte público por ônibus marcam as comemorações dos 20 anos da NTU
A Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU), entidade fundadora e integrante da Coordenação Nacional do MDT, promoveu de 28 a 30 de agosto de 2007, no Transamérica ExpoCenter, em São Paulo, o Seminário Nacional NTU 20 Anos e a Feira TransPúblico 2007. A redução das tarifas do transporte público urbano e a história do transporte público de passageiros por ônibus foram os destaques nas comemorações, que também focalizaram as questões da acessibilidade, bilhetagem, combustíveis limpos, corredores exclusivos e renovação de frota.
Por ocasião das comemorações, o presidente da NTU, Otávio Vieira da Cunha, reforçou a importância da luta pela redução tarifária e pela qualificação do transporte, bandeiras do MDT desde sua fundação. Após uma explanação sobre a situação do transporte urbano no Brasil, com foco em São Paulo e Rio de Janeiro, ele destacou que, no caso dos ônibus, a prioridade continua sendo o barateamento das tarifas, os investimentos públicos em infra-estrutura e o combate ao transporte ilegal, ressaltando que questões mais recentes, como os sistemas de transportes acessíveis e a utilização do biodiesel também merecem a atenção.
Recente levantamento elaborado pela NTU comprova que é no bolso das pessoas de menor renda – as que mais se utilizam do transporte público - que a conta pesa mais. Para os indivíduos que ganham até um salário mínimo, os gastos com transporte coletivo equivalem, em média, a 53%, do rendimento mensal. A pesquisa mostra para quem ganha mais de 20 salários mínimos, por exemplo, esses gastos equivalem, em média, a 0,4% da sua renda.
No entender do presidente da NTU, a discussão de alguns desses temas no 16º Congresso Brasileiro de Transporte e Trânsito, programado pela ANTP para o período de 1 a 5 de outubro, em Maceió, irá gerar uma grande contribuição para amadurecer as soluções. Outro assunto a ser discutido é a institucionalização pelo Governo Federal do serviço público de moto táxi e a conseqüente migração dos usuários do transporte público para esse modal.
Outros aspectos. Na sessão de abertura do seminário, houve exibição de filme institucional sobre a NTU e o lançamento do livro Conduzindo o Progresso –A História do Transporte e os 20 Anos da NTU . Essa publicação relata a história do transporte urbano no Brasil e no mundo. Dividido em duas partes, a primeira foi escrita por Eurico Divon Galhardi e Paulo Pacini e a segunda por Isabella Verdolin Neves, que conta a historia dos 20 anos da NTU, montada através de entrevistas com fundadores, diretores, ex-diretores e colaboradores da entidade, envolvidos na trajetória desses 20 anos. A entidade divulgou recentemente seu Anuário 2006/2007 - Edição comemorativa dos 20 anos da NTU.
 A programação incluiu também a premiação e exposição de fotografias sobre o Transporte Urbano e a solenidade de entrega da Condecoração NTU 20 anos a personalidades do setor. Houve ainda a inauguração do Museu da NTU com uma exposição de miniaturas de veículos para que o público conhecesse um pouco mais da história e do desenvolvimento do transporte urbano em diferentes civilizações especialmente, das cidades brasileiras. É possível ter uma prévia no site do Museu Virtual do Transporte: .
Houve também o 24º Encontro do Colégio de Advogados e o 2º Encontro do Colégio de Gestão Empresarial, durante o 17º Encontro do Colégio Técnico ocorreu um debate sobre o Bus Rapid Transit – BRT, um painel Conjuntura Econômica do Brasil e o Setor de Transporte Público Urbano, e a conferência A comédia corporativa, a cargo do radialista da CBN Max Gehringer. O evento foi encerrado com visitas técnicas, desenvolvidas em parceria com a Secretaria Municipal de Transportes de São Paulo e a SPTrans, ao Expresso Tiradentes e ao Sistema de Monitoramento e Controle (GPS).